CONHEÇA A IMPORTÂNCIA DE SABER PRATICAR GESTOS QUE SALVAM.
Posts recentes

Anexos

Pesquisar neste blog
 
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Links úteis
RSS
Terça-feira, 6 de Maio de 2008
Anexos

 

Técnica da extensão da cabeça e elevação do maxilar inferior
 
1)    Colocar uma mão na testa, libertando os dedos indicador e polegar. Estes servirão para apertar o nariz se for necessário fazer insuflações.
2)    Inclinar a cabeça ligeira mente para trás.
3)    Dois dedos da outra mão são colocados sob o maxilar inferior, fazendo uma ligeira tracção superior.
 
 

Posição lateral de segurança (PLS)
 
O socorrista:
1)    Retira relógio e óculos à vítima.
2)    Coloca-se de joelhos junto à vítima que deve estar de costas e com as pernas esticadas.
3)    Coloca o braço da vítima mais próximo de si, para cima, ao lado da cabeça, com a palma da mão voltada para cima.
4)    Segura na mão contrária e leva-a até à face da vítima, do seu lado, com a palma da mão virada para fora.
5)    Com a mão mais próxima das pernas da vítima, segura a perna mais afastada da vítima, mantendo-a flectida.
6)    Vira a vítima para o seu lado.
7)    Mantém a mão da vítima debaixo da face e a cabeça em extensão.
8)    A perna de cima deve ficar flectida de forma a formar um ângulo de 90º.
 
 
Técnica de compressão torácica (CT)
 
1)    Colocar a base de uma mão na metade inferior do esterno, na linha média do tórax, e colocar a outra mão sobre a primeira, entrelaçando e levantando os dedos.
2)    Não fazer pressão sobre as costelas, na parte superior do abdómen ou sobre o apêndice xifóide (ponta inferior do externo).
3)    Manter os braços esticados, perpendicularmente ao tórax da vítima.
4)    Pressionar o tórax 4 a5 cm, 30 vezes. Após cada compressão aliviar totalmente, sem perder o contacto com o esterno, e fazer as compressões a um ritmo de 100 por minuto. O tempo de compressão é igual ao tempo de descompensação.
 
 
Método de insuflação boca-a-boca
 
1)    Fechar o nariz da vítima com os dedos indicador e polegar da mão que faz a extensão da cabeça.
2)    Mantenha a boca da vítima aberta.
3)    Faça uma inspiração normal e adapte a sua boca à boca da vítima de forma a obter uma selagem perfeita e faça a insuflação.
 
 
Técnica da elevação/impulsão da mandíbula
 
1)    Colocar os dedos indicador e médio de cada mão na curvatura posterior de cada lado da mandíbula.
2)    Fazer pressão no ponto articular dos dois maxilares (inferior e superior) e empurrar a mandíbula para cima.

Tags:
Publicado por Socorrismo às 08:47
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Mais sobre o grupo
Fotos
Tags

alcoolismo agudo

anexos

avc

choque

diabetes

dor precordial

engasgamento

epilepsia

feridas

geladura

golpe de calor

hemorragias

hipotermia

insolação

intoxicações

introdução

sbv

todas as tags

blogs SAPO